domingo, outubro 11, 2009

É que eu só quero saber de você

É que eu só quero saber de você

Por agora em diante

É que eu só quero saber de você

Por agora em diante

Por agora em diante...

Você levanta minha poeira

me deixa tinida deitada

falando besteira

falando besteirafalando besteira

É que eu só quero saber de

agora em diante

É que eu só quero saber de você

Por agora em diante

Por agora em diante...

Vestido ao vento lento a brisa

levanta minha saia

e tem os meninos que falam

tomara que caia

tomara que caia

a gente é bem feito

a gente junto é perfeito

perfeito

perfeito

Assim pelo avesso que

Você me deu um beijo

Assim pelo avesso que

Você me deu um beijo

Você me deu, pediu

Você me deu um beijo na boca

Você me deu pediu

um beijo na boca

boca

boca

me deu

video

sexta-feira, outubro 09, 2009



10 meses

nesta viagem sem fim....

eu e tu....

juntos....

mas está na hora amor...


de sermos dois.....


está na hora amor...

está na hora....

de te embalar nos meus braços....

vamos amor

continuar esta viagem sem regresso....

Paciencia



Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não para...



Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso, faço hora, vou na valsa
A vida tão rara...

Enquanto todo mundo espera a cura do mal
E a loucura finge que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...
O mundo vai girando cada vez mais veloz






A gente espera do mundo e o mundo espera de nós


Um pouco mais de paciência





Será que é o tempo que me falta pra perceber?
Será que temos esse tempo pra perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara (Tão rara...)





Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Mesmo quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para (a vida não para, não...)

Será que é tempo que me falta pra perceber?
Será que temos esse tempo pra perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara (tão rara...)





Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
(a vida não para não...a vida não para...)





Lenine

quinta-feira, outubro 01, 2009


De todas as maneiras que há de amar;
Nós já nos amamos;
Com todas as palavras feitas pra sangrar;
Já nos cortamos!...


Chico Buarque